Copercampos
Associados Copercampos
Webmail
Instagram

NOTÍCIAS

Produtores e técnicos participam de treinamento sobre manejo de plantas daninhas

22/08/2017

 
 
O Engenheiro Agrônomo e consultor Aroldo Irio Marochi, do Agro Marochi, realizou no dia 22 de agosto, palestra para profissionais da área técnica da Copercampos e também associados membros do Comitê Tecnológico Copercampos – CTC.

Durante o encontro, Aroldo destacou que o fundamental para manejar plantas daninhas está relacionado a sensibilização do produtor quanto ao problema e identificar maneiras para realizar este manejo. “O produtor normalmente pensa em produto, mas o produto é uma peça do sistema de manejo, então, ele tem que pensar nas interações de produtos para não utilizar determinadamente o mesmo grupo de produtos, para não ter outros problemas na sequência. O técnico que assiste esse produtor precisa conhecer e orientar sobre isso. Em segundo lugar, é a conscientização geral, pois não adianta um produtor trabalhar e o vizinho ter uma área infestada e com plantas resistentes ao lado. É preciso pensar no geral e pensar em rotação de herbicidas e de culturas”, ressaltou.

Quanto ao manejo de milho, Aroldo Marochi lembrou que para se produzir milho, o produtor precisa ter capricho. “É preciso ter um bom manejo de palhada, entender o espaço das dessecações, com 30 a 40 dias antes de semear, porque é mais fácil plantar, a palhada está em um processo melhor de decomposição. No milho, o segredo é a distribuição, então é homogeneizar a colocação (distância e profundidade de sementes iguais), porque se não tem isso, se aumenta o número de plantas dominadas na lavoura e isso significa em plantas com menor potencial produtivo. As espigas são unidades de produção e se todas são iguais, se tem um padrão de produção, mas quando se tem espigas de tamanho variado, se tem menor produtividade”.

Além da plantabilidade, Aroldo ressalta que é preciso realizar o tratamento de sementes eficiente. “Normalmente a semente vem tratada, mas o produtor precisa entender a sua área e saber se é preciso complementar esse tratamento que já vem na semente ou não, principalmente de pragas iniciais. Como por exemplo o percevejo, se você tem uma população alta, mesmo com tratamento, essa praga vai afetar a planta e com plantas afetadas, o teto produtivo é menor”.
 
voltar

Com matriz em Campos Novos, município reconhecido como “Celeiro Catarinense”, a Copercampos tem suas principais atividades focadas na produção e comercialização de cereais, produção de sementes, venda de insumos e agroindústria. Hoje são mais de 50 unidades distribuídas nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

CONTATO

TELEFONES
Fone 49 3541 6000
Fax 49 3541 6033

ENDEREÇO
Rodovia BR 282 - Km 342 - Nº 23
Bairro Boa Vista - Caixa Postal 161
CEP 89620-000 - Campos Novos/SC

CURTA COPERCAMPOS NO FACEBOOK