Copercampos
Associados Copercampos
Webmail
Instagram

NOTÍCIAS

Copercampos distribui mais de R$ 5 milhões aos associados participantes do Programa de Fidelidade safra 2017/18

27/07/2018

 
Evento contou com palestra “A transformação para o Agronegócio buscar 1 trilhão de dólares”, ministrada por Marcos Fava Neves.
 
A Copercampos realizou na noite de 26 de julho no Centro de Eventos Galpão Crioulo em Campos Novos, a 14ª edição do Programa de Fidelidade safra 2017/18. O tradicional jantar que reuniu aproximadamente 700 associados fiéis, tem o propósito de valorizar e fortalecer o compromisso entre a cooperativa e seus associados.

Nesta edição o Programa de Fidelização distribuiu mais R$ 5 milhões aos sócios que assinaram o termo de fidelidade, e se comprometeram em adquiriram insumos e comercializaram toda a safra na cooperativa. O retorno que cada associado recebeu corresponde a movimentação financeira em insumos, sementes, lojas, supermercados e posto de combustíveis. Além do retorno financeiro garantido, o programa de fidelidade proporciona ainda benefícios como preferência para produzir sementes; crédito rotativo facilitado com base na conta capital integral; assistência técnica direta, cursos técnicos, administrativos, financeiros; além de participações em viagens técnicas e informações diárias de mercado.

No evento, o Diretor Executivo Laerte Izaias Thibes Júnior, parabenizou os associados pelos resultados, destacou os números obtidos, e reforçou os benefícios e as normas estabelecidas pelo programa. Já o Diretor Executivo Clebi Renato Dias, falou sobre a importância do programa de fidelidade no planejamento da gestão administrativa da cooperativa, além da movimentação, e comercialização de grãos.

Já o Diretor Presidente da Copercampos, Luiz Carlos Chiocca agradeceu a presença dos associados e destacou as ações da Copecampos na área de inovação. “Estamos trabalhando com um planejamento estratégico, visando o aprimoramento das ações da cooperativa, buscando investir em inovações e tecnologias que nos auxiliem na otimização do tempo, no compartilhamento de informações com nossos associados e no aprimoramento da logística por exemplo. Precisamos desenvolver e ampliar plataformas digitais para facilitar a vida dos nossos sócios e clientes, diminuindo custos e aumentando as margens para que possamos continuar a gerar o crescimento da Copercampos”, comentou.

Tradicionalmente, durante o evento de Fidelidade, a Copercampos oportuniza aos associados, conhecimento sobre temas relevantes e neste ano, houve palestra com Marcos Fava Neves, engenheiro agrônomo, professor doutor em administração, autor e organizador de 60 livros, que desenvolveu 150 projetos públicos e privados em cinco países diferentes para diversas organizações. Realizou mais de mil palestras em 22 países, sendo no exterior um dos brasileiros mais conhecidos no mundo do agronegócio.

A palestra Agro 2030, trouxe experiências, visão econômica do mundo, política do Brasil e seus impactos na economia, e os desafios e mudanças na agricultura. “A economia mundial está melhor do que no ano anterior e a perspectiva é que continue crescendo nos próximos anos, já a agricultura brasileira sofreu um grande impacto econômico devido alguns fatores como por exemplo a paralização dos caminhoneiros no mês de maio. Feitos como esse, fez com que as projeções de crescimento para o Brasil diminuíssem de 3% para 1,5%. Porém, a expectativa é que o país esteja melhor no próximo ano, logicamente dependendo dos resultados das eleições de outubro”, comentou.

Outro ponto destacado pelo palestrante é a perceptiva de aumento na exportação. “O agronegócio brasileiro tem a possibilidade de trazer para o Brasil nos próximos 10 anos, mais de 1 trilhão de dólares através da exportação. De acordo com o Ministério da Agricultura nos próximos 10 anos haverá uma expansão de área de aproximadamente um milhão de hectares novos por ano, ou seja, sairemos de 75 milhões para 85 milhões de hectares de área de produção. Outro fator que auxiliará nesse resultado é o aumento na exportação de carnes, aproximadamente 35 milhões de toneladas”, ressaltou o palestrante.

E para acompanhar todo esse crescimento, Marcos Fava Neves, destacou o principal desafio e as alternativas que os produtores devem ficar atentos, como o trabalho realizado pela economia circular e o uso de tecnologias para o crescimento e a construção de margens das atividades agrícolas. “A perceptiva para os próximos anos é que a agricultura cresça e os preços permaneçam como os atuais, então o grande desafio do produtor vai ser o lucro, e para gerá-lo será necessário construir margens através da economia digital e tecnológica, onde o produtor passará a gerenciar a propriedade por metros quadrados e não, mais por hectare, diminuindo desperdícios. Outro ponto será a economia circular, gerando sustentabilidade e realizando o reaproveitamento de resíduos de determinada atividade como matéria prima reciclada para outras atividades, desta forma realizando um reaproveitamento que mantenha os materiais no ciclo produtivo. E a terceira alternativa é a economia do compartilhamento, são ações voltadas a produção de valores de uso em comum, e através disso diminuir os custos e construir margens”, finalizou o palestrante.
 
 
voltar

Com matriz em Campos Novos, município reconhecido como “Celeiro Catarinense”, a Copercampos tem suas principais atividades focadas na produção e comercialização de cereais, produção de sementes, venda de insumos e agroindústria. Hoje são mais de 50 unidades distribuídas nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

CONTATO

TELEFONES
Fone 49 3541 6000
Fax 49 3541 6033

ENDEREÇO
Rodovia BR 282 - Km 342 - Nº 23
Bairro Boa Vista - Caixa Postal 161
CEP 89620-000 - Campos Novos/SC

CURTA COPERCAMPOS NO FACEBOOK