Copercampos
Associados Copercampos
Webmail
Instagram

NOTÍCIAS

Associados da Copercampos recebem informações sobre clima, crédito rural e seguro agrícola

15/082018

Encontro realizado pela cooperativa na AACC na terça-feira, 14 de agosto, contou com palestra do Meteorologista Luiz Renato Lazinski, representantes do Banco do Brasil e da FMC.

A Copercampos, com apoio da empresa FMC, realizou na noite de terça-feira, 14 de agosto, na Associação Atlética Copercampos, em Campos Novos/SC, reunião com produtores associados, a fim de repassar as tendências climáticas para a safra 2018/19 e também sobre as novidades existentes no mercado financeiro, especialmente sobre crédito rural e seguro agrícola.

Na oportunidade, representantes do Banco do Brasil, entre eles o Gerente de Mercado da Superintendência de Negócios, Flávio Jean Garlet, esteve repassando informações sobre o setor, especialmente sobre o crédito disponível para custeio da próxima safra. Segundo Flávio, os juros para financiamentos estão de 1% a 1,5% mais baixos em relação a safra passada. O custeio para Agricultura Empresarial tem juros de 7% ao ano, com teto máximo de R$ 3 milhões em financiamento por CPF.

Com a presença do Diretor Presidente Luiz Carlos Chiocca, do Diretor Vice-presidente Cláudio Hartmann, Diretor Executivo Júlio Alberto Wickert, gerentes e equipe técnica, a reunião contou com a presença de aproximadamente 100 produtores da região, que buscam atualização constante para prosperar na agricultura.

Preocupados com o clima, os produtores associados receberam informações otimistas do meteorologista Luiz Renato Lazinski, do Instituto de Meteorologia – Inmet/MAPA. De acordo com Lazinski, o momento é de neutralidade climática, com irregularidade nas precipitações de chuva e temperaturas distintas.

A tendência é que se mantenha o clima de neutralidade neste final de inverno e boa parte da primavera. “Neste momento teremos ainda chuvas irregularidades até outubro e novembro, mas estamos prevendo a volta do El Niño mais para o final do ano e início do ano que vem. A partir de dezembro e janeiro já com influência do El Niño, teremos chuvas regulares e bem distribuídas”, afirmou Lazinski. Com o El Niño, o histórico de produção de grãos na região é favorável e anima os produtores.

Com relação as temperaturas, Lazinski repassou aos produtores que as oscilações continuarão enquanto o clima neutro prevalecer. Já sobre o risco de geadas, o meteorologista destaca que até meados de setembro, as chances são grandes. “A partir do dia 15, 20 de setembro para outubro, as chances de geadas são remotas, podem acontecer claro, mas as chances são muito pequenas e a boa notícia é a volta do El Niño para a região centro-sul do Brasil”, finalizou.

Já a FMC, parceira da Copercampos na promoção do evento repassou aos produtores, informações sobre o portfólio de produtos para manejo de pragas na soja. Carlos Souza, RTV da empresa na região, apresentou as novidades da FMC e o posicionamento dos produtos para obter o melhor resultado no manejo de pragas, especialmente de lagartas, ácaros e percevejos na soja.
 
 
 
 
voltar

Com matriz em Campos Novos, município reconhecido como “Celeiro Catarinense”, a Copercampos tem suas principais atividades focadas na produção e comercialização de cereais, produção de sementes, venda de insumos e agroindústria. Hoje são mais de 50 unidades distribuídas nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

CONTATO

TELEFONES
Fone 49 3541 6000
Fax 49 3541 6033

ENDEREÇO
Rodovia BR 282 - Km 342 - Nº 23
Bairro Boa Vista - Caixa Postal 161
CEP 89620-000 - Campos Novos/SC

CURTA COPERCAMPOS NO FACEBOOK