Copercampos
Associados Copercampos
Webmail
Instagram

NOTÍCIAS

Proteção de polinizadores na cultura da soja

09/01/2019

Copercampos e Bayer promovem palestra para debater assunto. Entomologista da Embrapa ressalta cuidados no manejo da cultura para preservar abelhas.

Com o objetivo de debater e principalmente melhorar a saúde das abelhas, principais insetos responsáveis pela polinização de alimentos, a Copercampos e a Bayer, realizaram no dia 08 de janeiro, em Campos Novos/SC, palestra com o tema “A importância da proteção dos polinizadores”, proferida pelo Entomologista e Pesquisador da Embrapa, Eng. Agrônomo Décio Luiz Gazzoni.

O evento direcionado a produtores associados, profissionais da área técnica e apicultores da região de abrangência da Copercampos teve o objetivo de debater a importância das abelhas para a produção de alimentos e para o ecossistema. A palestra marcou o início das ações de preservação dos agentes polinizadores, que acontecerá durante todo o ano na região de atuação da cooperativa, em parceria com a Bayer, utilizando também o programa Bee Care.

Além da palestra, a cooperativa vai instalar os chamados hotéis de abelha em unidades da cooperativa e durante o 24º Dia de Campo Copercampos, que acontece de 26 a 28 de fevereiro, a fim de sensibilizar os produtores rurais sobre a importância da prevenção dos insetos.

No encontro, o Pesquisador da Embrapa, Eng. Agrônomo Entomologista Décio Luiz Gazzoni, destacou algumas informações relevantes para o manejo da cultura da soja e preservação de agentes polinizadores. Segundo ele, após pesquisas, foram identificados os picos de visitação das abelhas em lavouras de soja. O horário de maior visitação é das 10h às 12h. “Então é importante que os sojicultores tenham atenção no momento de aplicação dos defensivos e evitem esse horário. Sabemos que as abelhas são seres extremamente sensíveis e estão presentes em lavouras de soja em estádio de R1 a R5, ou seja, na floração, então, se for possível evitar aplicações de inseticidas neste período, as abelhas serão preservadas”, explicou.

Décio Luiz Gazzoni enalteceu alguns passos para preservar os agentes polinizadores. “É preciso ampliar o diálogo e a comunicação, e estas palestras são justamente para informar a todos. Os produtores devem seguir as boas práticas agrícolas e apícolas, seguir as recomendações de Manejo Integrado de Pragas (MIP), evitar a aplicação no período de florescimento e observar as recomendações de aplicação, desde regulagem de equipamento, vazão adequada, temperatura, vento, umidade, evitar a deriva e principalmente ter atenção a distância de matas e capoeiras. Seguindo estes procedimentos, teremos um desenvolvimento harmonioso entre agentes polinizadores e produção de soja e das outras culturas que tanto necessitam das abelhas”, explanou.

Alguns pesquisadores ressaltam que as abelhas podem interferir na produtividade da soja. A Embrapa está desenvolvendo um trabalho nesta área. Décio Luiz Gazzoni ressalta que o objetivo é de avaliar esta ação, a fim de promover a integração de atividades. “Temos trabalhos nesta área que afirmam que há um incremento de produtividade na cultura da soja, especialmente em anos onde o potencial produtivo é alto. Em safras com estiagem ou em áreas com baixa fertilidade isso não é visível. Nós estamos com um trabalho nesta área e esperamos ter os resultados em breve”, finalizou.
 
 
 
voltar

Com matriz em Campos Novos, município reconhecido como “Celeiro Catarinense”, a Copercampos tem suas principais atividades focadas na produção e comercialização de cereais, produção de sementes, venda de insumos e agroindústria. Hoje são mais de 50 unidades distribuídas nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

CONTATO

TELEFONES
Fone 49 3541 6000
Fax 49 3541 6033

ENDEREÇO
Rodovia BR 282 - Km 342 - Nº 23
Bairro Boa Vista - Caixa Postal 161
CEP 89620-000 - Campos Novos/SC

CURTA COPERCAMPOS NO FACEBOOK