Copercampos
Associados Copercampos
Webmail
Instagram

NOTÍCIAS

Palestra técnica aborda fatores essenciais para altos rendimentos de milho

22/05/2019

Os associados da Copercampos participaram no dia 21 de maio, na AACC, em Campos Novos/SC, de palestra técnica sobre os fatores para produzir mais na cultura do milho. Promovida pela empresa Pioneer, que faz parte da Corteva Agriscience, o evento possibilitou aos agricultores, novas informações sobre o posicionamento ideal dos híbridos da empresa.

Além disso, o Engenheiro Agrônomo José Carlos Madaloz, repassou informações técnicas relevantes para que na próxima safra, os produtores obtenham melhores resultados com a cultura. Segundo o profissional, os fatores essenciais para elevar os ganhos estão relacionados a escolha do híbrido, qualidade do solo (física, química e biológica), densidade de plantas adequada, água e nutrientes, com destaque para Nitrogênio, e clima (luz e temperatura).

Maladoz ressaltou que o planejamento antecipado, com manjo da área, é essencial na construção da lavoura de alto potencial produtivo. Neste roteiro, o produtor necessita preparar o ambiente para o plantio, com um manejo de solo e cobertura, evitar a presença de plantas daninhas, manejar insetos, investir em adubação e escolher o híbrido.

“Temos quatro etapas no processo. O pré-plantio, no inverno, a implementação da lavoura, pensando na qualidade de plantio, a condução da lavoura, com adubação nitrogenada, manejo de insetos e doenças, para termos um desenvolvimento de plantas e que estas desenvolvam seu potencial produtivo, e por fim a colheita, para que se evitem perdas por prazo e se tenha o melhor aproveitamento da cultura”, apresentou o profissional.

Com foco em transmitir informações sobre a importância do Nitrogênio (N) para a cultura, José Carlos Madaloz apresentou resultados obtidos em ensaios desenvolvidos no Campo Demonstrativo da Copercampos, em Campos Novos/SC. A cobertura tem efeito positivo na adubação nitrogenada. O pesquisador ressaltou que as gramíneas reciclam nutrientes e melhoram as propriedades físicas do solo, enquanto as leguminosas de cobertura, como Nabo e Ervilhaca, apresentam efeito expressivo de fornecimento de N.

“63% do N da planta é absorvido pelo seu florescimento, enquanto o N da planta é absorvido no pós-florescimento”. Por isso, Madaloz ressaltou que alguns produtores estão aplicando parcelado esse nitrogênio.

Em sua apresentação, o Eng. Agrônomo lembrou que o produtor deve ter atenção para plantios em áreas com cobertura de gramíneas, pois a maior imobilização de N. O adubo N tem eficiência máxima de 60 a 70% e sua perda é incrementada pela ausência de chuvas após a aplicação em mais de 5 dias. Há necessidade de aproximadamente 1kg de N para cada saco de grãos.

O profissional lembrou ainda da operação no plantio, com semeadura uniforme de plantas obtida com uma velocidade correta da máquina. “É preciso depositar a semente com uma profundidade correta, com distribuição uniforme e com contato total com o solo”, finalizou.
voltar

CONTATO

TELEFONES
Fone 49 3541 6000
Fax 49 3541 6033

ENDEREÇO
Rodovia BR 282 - Km 342 - Nº 23
Bairro Boa Vista - Caixa Postal 161
CEP 89620-000 - Campos Novos/SC

CURTA COPERCAMPOS NO FACEBOOK